Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

A Vinipax 2010

 

Ao contrário de muitos escribas, que só este ano descobriram a Vinipax,  aqui a minha pessoa não tem perdido uma edição do evento, e esta não foi excepção.

São conhecidos (embora não públicos) os constrangimentos criados pela nova gestão autárquica à organização deste evento: por incapacidade, por arrogância ou por opção, a verdade é que se não fosse o empenho do José António Lameira e o profissionalismo e liderança do Aníbal Coutinho, esta Vinipax, teria certamente uma história triste para contar.

Sobre a mostra, não alinho nas comparações bacocas “que este ano estava muito mais bonita do que em anos anteriores”, alguns dos que dizem e escrevem isto provavelmente nem foram lá nas edições anteriores, o que é facto é que o espaço estava muito agradável, que estavam presentes os principais produtores do sul - de referir que os produtores presentes representavam mais de 50% da quota do mercado nacional - pelo que apesar de tudo a feira tinha e teve as condições para voltar a ser o grande salão de promoção de um produto de excelência da região, como é o vinho.

Sobre a presença de visitantes, não posso como alguns dizer que “teve muito mais visitantes que em edições anteriores”, o que posso dizer é que nas vezes que lá estive eram escassos os visitantes, mas isso só por si vale o que vale.

Mas posso ainda dizer que: a promoção interna e pelo que percebi externa do evento foi miserável, que ter terminado com a Ruralbeja retira ao próprio evento dinâmica de visitantes, bem como a ideia ridícula que este é um evento elitista, na linha do Beja Wine Night, não terão decerto contribuído para um maior afluxo de visitantes.

Mas o que importa mesmo, é que a Vinipax pode e deve continuar a afirmar-se como uma mais-valia para a região e que quem no passado a perspectivou merece público reconhecimento, possam os actuais autarcas ter o engenho de criar eventos galvanizadores, coisa que até agora ainda não mostrou.

Sobre a Olivipax tenho dúvidas sobre o modelo e o sobre o Beja Gourmet penso que a gastronomia pode vir a ter um papel importante em paralelo com a mostra vínica, mas não será certamente por aqui.

 

 

publicado por bejahoje às 00:16
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim


» ver perfil

» seguir perfil

. 4 seguidores

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds