Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Jorge Pulido Valente “derruba” Castelo de Beja

Foto do estado actual do Castelo de Beja(Casa do Governador) cedida por JPV

 

JPV conseguiu em menos de 6 meses o que muitos não conseguiram em 700 anos, derrubar o ex-líbris da cidade, o seu Castelo.

A revelação foi feita ao órgão oficial da autarquia (leia-se Rádio Pax).

Segundo JVP, o Castelo e as suas Muralhas ameaçam ruir a qualquer momento, a culpa é dos suspeitos do costume.

Esmiuçada a notícia, afinal de todo o cenário de ruína o problema ressume-se a uma das varandas da Torre de Menagem.

Na falta de assunto e acções mais interessantes para comunicar JPV e o seu órgão oficial vão-se entretendo a mandar atoardas.

Se o ridículo matasse…

publicado por bejahoje às 06:57
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De a 9 de Abril de 2010 às 14:28
Não resisto a colar este post tirado daqui:
http://naterales.blogspot.com/2010/04/chega-de-queixas-ou-ainda-nao.html

Chega de queixas ou ainda não?
Beja mais parece já a Cidade Capital do Queixume! Ou é as queixas da queda da Torre mas que afinal ainda irá durar mais um século desde que arranjem as grades da janela, ou os "graves problemas" do Jardim Público mas que no final se deverá resumir a um fio eléctrico descarnado, ou as queixas das colectividades que ainda não se curaram da subsidio dependência ou as queixas da Presidente de Junta que ficou "pendurada" por esquecimento. E eu vou-me queixar do quê? Dos buracos das ruas, do lixo amontado fora dos contentores, da falta de emprego na região, do boy que dá a ideia que pouco mais faz que passear o fatinho novo na Praça, dos milhares de euros gastos em vencimentos com os "donos" da EDIA, da Turismo Alentejo, da EMAS, do inusitado perfume da SAPJU ou de um lugar para estacionar o meu jacto no Aeroporto de S. Brissos? E porque não acabarmos com as queixas e deitar mãos ao trabalho?
De joaquim Fernandes a 15 de Abril de 2010 às 13:44
MAS o sr. da Emas não passeia apenas o seu fatinho não acredito que ,ainda não viram desde o primeiro dia que sentou o rabiosque no carro da empresa , colocou logo a cadeirinha do seu baby para andar a passear o deu rebento. tudo era muito normal se o carro fosse propriedade do Sr. e não é, pois não? Ou seja este veículo é e deverá estar ao serviço da empresa , mas só este Sr.é que o utiliza! Ah pois é! a malta sabe que o anterior Sr.( Electrecista) também tem um neto e que todos os dias ía no seu carro particular levar e buscar o Baby e só depois pegava no da empresa? A malta sabe que o anterior SR. quando estava de Férias deixava o carro na garagem da empresa? Pois , mas talvez o actual possa usar e abusar daquilo que não é dele porque é formado não será? Ou será porque, ser sério , honesto e electrecista
não se enquadra naquilo que os Barões Formados pensam nas suas participações em Empresas? gente séria que coisa, isso é quase como ter uma doença!!!!

Comentar post

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim


» ver perfil

» seguir perfil

. 3 seguidores

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds