Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

Poder Popular!

 

A incapacidade do poder autárquico que governa Beja para representar o interesse da cidade e dos cidadãos, leva a que estes tenham de tomar em mãos a defesa da capitalidade que esse mesmo poder tanto apregoou.

Não é que veja mal, antes pelo contrário, que a gente desta terra se mobilize em torno de causas comuns. O que não é aceitável é que Jorge Pulido Valente tome partido por aqueles que nos querem remeter a um isolamento de todo inaceitável.

Já não me admira que outros, os que sendo eleitos pelo Distrito, se perdem no cheiro inebriante do poder de Lisboa e esquecem rapidamente a terra onde colheram os votos e inviabilizem com cegueira propostas que nos defendem.

Mas surpreende-me os que por cá ficam – quem sabe na espera de um novo salto – não tomem como suas “ As dores de Alma” da sua gente.

publicado por bejahoje às 11:59
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 18 de Janeiro de 2011 às 21:15
Explique-me lá porque eu não percebi:
- Vamos ficar sem ligação ferroviária a Lisboa ou vamos ficar sem ligação ferroviária DIRECTA a Lisboa?
- Vamos ficar com mais ou menos ligações ferroviárias a Lisboa? Segundo consta, existe a possibilidade de ter-mos 5 ligações diárias indirectas a Lisboa, é correcto?
- Se ficarmos com mais ligações indirectas com o transtorno de mudar em Casa Branca e de fazer a viagem até lá num comboio de 2ª, o preço é mais baixo?

Eu sou suspeito porque não sou utente do serviço, mas comparando com a aviação, prefiro pagar menos nas lowcost por um serviço "pior", mas ter mais oferta e mais possibilidades de vôos, aliás, o sucesso destas companhias demonstra esta tese. Falando pessoalmente, se o preço fosse mais económico, da minha parte não via problema em ter mais horários disponives para viajar para Lisboa, mesmo que isso implicasse mudar em Casa Branca, mas os utentes do serviço é que se devem manifestar...
De Anónimo a 18 de Janeiro de 2011 às 21:47
Antes das obras o intercidades era directo, rápido e confortável. Pagava 11,50€
Se viesse no intercidades de lisboa para casa branca e daqui para beja pagava 14€ porque a CP não vendia um bilhete só, tinha de comprar 2, um para o comboio, outro para a automotora.
Se a lógica continuar os bilhetes vão ser mais caros do que eram no intercidades directo.
De josé Gaspar a 19 de Janeiro de 2011 às 17:04
Este blog é altamente tendencioso e é pena, porque como sou de Beja e vivo em Lisboa sempre ia sabendo novidades da minha terra.
Mas gosto de ler autores com isenção, o que não é o caso e acho insuportável usar os blogues para atacar políticos, só por atacar.
Enfim...
De O rim tim tim a 19 de Janeiro de 2011 às 21:07
Estes bloques servem para criticar pela positiva o que se passa em Beja, aproveitando para denunciar as mentiras e perseguições do executivo, porque não estavam-mos habituados a ver tanta incapacidade na governação autárquica.
De Anónimo a 22 de Janeiro de 2011 às 19:40
"não estavam-mos habituados a ver tanta incapacidade na governação autárquica."

ai nanas que não estávamos ehehehehehe

Comentar post

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds