Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

O muro e os pingos da chuva

Recentemente, o célebre muro do Bairro das Pedreiras, conseguiu na comunicação social umas cem vezes mais destaque que a Beja Wine Night (o que não era difícil).

Preocupado com a imagem, Pulido falou, mas com todas as cautelas, na Rádio Oficial. Anunciou que iria avançar “um pequeno projecto” (um homem que só gosta de coisas em grande) repare-se na adjectivação “ pequeno projecto” , e que o célebre muro iria ser “aligeirado”(porque não derrubado?) e ainda que autarquia iria desenvolver acções de limpeza e melhorias no interior das habitações.

A questão é delicada e Pulido Valente tenta a impossível arte de passar por entre os pingos da chuva. Por um lado tem compromissos eleitorais com a comunidade cigana, por outro, quando forem conhecidos os milhares de euros que a autarquia vai ter de gastar a recuperar as moradias do Bairro das Pedreiras, sabe que vai ter contra si uma vasta camada da população, que não vai entender que autarquia volte a investir milhares de euros, em casas que a mesma autarquia construiu novas de raiz à apenas 6 ou 7 anos e que estão completamente degradadas por negligência dos moradores.

Conseguirá Pulido passar entre os pingos da chuva?

publicado por bejahoje às 00:15
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 10:43
E que tal umas obrazinhas lá na minha casa é que eu também preciso.
De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 10:59
O compromisso que havia era de derrubar o muro, esta conversa do muro servir para protecção da comunidade cigana é ridicula.
De H a 16 de Agosto de 2010 às 12:05
Parecia-me importante um trabalho jornalístico sobre este tema: é público que estive ligado à campanha e desconheço em absoluto quais os compromissos com a comunidade cigana! Aliás, tudo o que se disse foi no sentido contrário: sem xenofobias, responsabilizar esta comunidade pelos seus actos, na mesma medida que se responsabiliza qualquer outro cidadão!
Se o editor deste espaço tem provas do contrário, deveria apresenta-las, porque estou certo que não será apenas a minha voz a levantar-se para criticar!
De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 12:11
Essa responsabilização ( se existir) comtempla a intervenção que a Câmara vai fazer na recuperação das habitações que estes individuos destruiram em meia dúzia de anos? Com ou sem contrato de responsabilização, concorda que se voltem a investir milhares de euros de dinheiro público (Câmra ou outros) na recuperação dos interiores das habitações?
De H a 16 de Agosto de 2010 às 12:12
@"anónimo" - No dia em que a notícia foi publica, comentei-a!
De anonimo a 16 de Agosto de 2010 às 21:54
Como é que estes comunas tem a " LATA " de dizer e escrever o que escrevem em relação aos ciganos e ao bairro das Pedreiras, em Beja ?

Estão não foi durante os últimos 6 anos de gestão comunista que a maior parte das realidades ( 99 % ) se passaram ?

Jogam os foguetes e apanham as canas !

Inauguraram com Carreira Marques, continuaram e construíram o muro ( antes rede ) com o Francisco Santos, e depois de toda a irresponsabilidade cometida é agora com 9 meses que o JPV é que tem que ter a solução para o problema deixado " fritar em lume brando de degradação e sem deveres " ?

A velha teoria de correr sempre atrás do prejuízo !!!
De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 12:26
O muro vai mesmo ter de ser derrubado sem dúvidas:
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1642075&seccao=Sul
Vamos trabalhar para acabar com esta vergonha
De o tirano a 16 de Agosto de 2010 às 13:05
eu acho que a camara tem de gastar dinheiro naquilo em que deve de gastar, não é em reparações de casa para ciganos, que são pessoas que não produzem nada de util e só destroem, as casa foram entregues com um minimo de dignidade, ( o que já foi de mais),para uma familia de 2 filhos, não foi para 40, agora exigem casa para os netos, porque moram todos juntos, em relacção ás reparações a camara não deveria de as fazer visto terem sido os arrendatários que as causaram, por ser assim a camara deverá reparar a casa de outros cidadãos, a menos que haja obrigações eleitoral (como com outros cidadãos), só que com uns tem mais que outro, quanto ao muro devria de ser mais alto e comprido, as pessoas dos bairos limitrofes é que sabem o que sofrem com aquela gente, todos os dias há roubo de roupa e outros bens.
De Anti-ciganos a 16 de Agosto de 2010 às 15:56
Essa gentalha que nunca trabalhou na vida, só rouba e parasita o nosso país nem merecia receber as casas quanto mais que agora vão lá reparar o que eles estragaram.
Também eu tenho falta de obras aqui em casa, será que o Presidente da Câmara também me manda fazer uma casa de banho nova? Não manda não senhor!

O muro não devia ser derrubado mas sim todo ele cerrado de maneira a que não houvesse contacto com o exterior. Por fim podiam encher o bairro de betão com os ciganos lá dentro. Corja do caralho! Estou desempregado há 8 meses e o estado não me dá nada. Estou farto de procurar emprego e fecham-me todas as portas, mas para essa ciganada há tudo e mais alguma coisa. Que vergonha!
De Ze Lu a 16 de Agosto de 2010 às 20:26
Sr. Presidente, eu tenho em casa uma porta que não fecha, uma torneira que pinga, o bidé esta partido e velho, quero também trocar os móveis da cozinha k já tem bem mais que 6 anos e estão velhos., venho assim EXIGIR que efectue as minhas simples obras, PORQUE EU PAGO IMPOSTOS e sou um cidadão que respeita os outros. Fico a aguardar resposta positiva, caso contrario vou dormir com a família na minha auto-caravana para a praça a republica e proíbo a minha esposa de votar no PS.
De Justino, o Palhaço! a 16 de Agosto de 2010 às 22:19
A Moral deste Palhaço de nome Justino, foi o anterior executivo que fez a borrada e se teve a cagar para o facto de os ciganos não cumprirem com as suas obrigações, e agora vem feito PALHAÇO criticar, também sou contra para ser sincero, alias os ciganos por mim ñ deviam sequer receber qqr tipo de ajuda, vão trabalhar q têm bom corpo e saude praticamente todos eles, alias grande parte tão a ficar bastante gordos. Só por serem ciganos ñ devem ser mais q os outros, e enquanto as pessoas ñ perderem o medo deles isto ñ vai a lado nenhum.. eles não são maus, apenas se fazem de maus, se alguem lhes fizer frente eles baixam logo a bolinha, experiência propria. Agora é assim, a miséria em q está aquele bairro e a imagem q passa de Beja e Portugal tem q ser alterada quer se queira ou não, mas uma coisa é certa espero que esta seja a última vez que se gasta dinheiro com essa escumalha nojenta.
De Justino a 16 de Agosto de 2010 às 22:40
Gosto tanto quando ficas assim irritadinho.
De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 22:53
Miguel Góis, Miguel Góis um vereador não pode falar assim...Então não tens mais nada que fazer filho ai ai ai
De Franquelim a 16 de Agosto de 2010 às 23:53
Será que o presidente da Camara Municipal de Beja sabe há quantos anos foram entregues as casas, novinhas em folha, às famílias ciganas? Será que ele pensa realmente que fazendo agora obras os ciganos se irão portar de forma civilizada? Será que eles não vão voltar a fazer buracos nas paredes das casas para que os burros possam lá entrar? Será que os ciganos vão passar a pagar as rendas que nunca pagaram?
Das três uma ... ou o sr. presidente é ingénuo, ou pensa que nós somos burros ou anda com medo de alguém...ainda assim prefiro os ciganos das pedreiras a este balde de merda que enfiaram na praça.
De Anti- esquerdalha II a 17 de Agosto de 2010 às 01:36
"O comunismo é uma estrutura socioeconómica e uma ideologia política, que pretende promover o estabelecimento de uma sociedade igualitária, sem classes e apátrida, baseada na propriedade comum e no controlo dos meios de produção e da propriedade em geral(...)
O comunismo tenta oferecer uma alternativa para os problemas da economia de mercado capitalista e do legado do imperialismo e do nacionalismo, etc"

Se eventualmente o cigano não for visto como um cidadão...vamos chamar utopia ao comunismo, para não variar . Se não fossem os comunistas , este post não existia , assim como a existencia do muro
De Zé do Tacho a 17 de Agosto de 2010 às 09:18
.....porque não derrubado?......É extremamente curioso verificar que alguns dos bloggers da nossa "Praça", escrevem do que desconhecem; atropelando a realidade dos factos como forma de arma de arremesso político.
Se o digníssimo Sr. domiciliasse no tranquilo (até à 6 ou 7 anos) Bairro dos Moinhos, compreenderia certamente o porquê do murro.
Pena tenho, de não poder colocar permanentemente o Sr. Carreira Marques a viver ao pé destes parasitas da sociedade.

Comentar post

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds