Sábado, 24 de Julho de 2010

Eu que é que sou o presidente….

 

Depois de ter perdido a eleição para presidente da Mesa da Assembleia Municipal de Beja, José Luís Ramalho, esse vulto incontornável do dirigismo desportivo, com forte ligação ao futebol, tem agora garantida a eleição para presidente da Associação de Futebol de Beja.

Reinaldo Louro, de quem se esperava uma outra lista, vai ter de aguardar por outras eleições, em qualquer outra colectividade, para alcançar uma presidência.

publicado por bejahoje às 01:10
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 24 de Julho de 2010 às 13:21
Este senhor presidiu durante 10 minutos à Assembleia Municipal de Beja durante a fase de instalação e deixou bem claro toda a sua arrogância e pouco espirito democático. Os clubes que se cuidem que o homem vai sedento de poder.
De Anti-Esquerdalha a 24 de Julho de 2010 às 17:09
Ora comentem lá esta do DN:

"António de Oliveira Salazar poderia ser recordado como o melhor investidor que Portugal já teve, caso o Banco de Portugal autorizasse o país a beneficiar das suas reservas de ouro, escreve a Bloomberg. Em proporção com o tamanho da economia, Portugal armazena mais ouro que qualquer outro país na Europa, a maioria comprado durante os 36 anos da ditadura de Salazar com poupanças e o dinheiro das exportações portuguesas, incluindo volfrâmio e atum. A valorização de 26% do ouro nos últimos anos faz com que Portugal detenha um activo cada vez mais valioso, ainda que seja um recurso ao qual um governo endividado como o português não pode recorrer, devido às leis que regem o Banco de Portugal. "Com o aumento do preço do ouro, fica-se com ganhos acumulados, mas não se pode transformá-lo em dinheiro", declarou à Bloomberg David Schnautz, do Commerzbank AG. "É um colchão para um cenário extremo". As 382,5 toneladas de ouro que Portugal tem estão avaliadas em 14,7 mil milhões de dólares, cerca de 6,8% do PIB português. O Banco de Portugal paga um dividendo todos os anos por ganhos com juros e com os títulos de valor mobiliário. O dividendo pago em 2009 foi de 203 milhões de euros"

O fascista, oportunista e outras coisas mais. E estes é que são os democratas e honestos, hem?
De Anónimo a 24 de Julho de 2010 às 19:20
Meu caro anti-esquerdalha , a pouco e pouco vai-lhe caindo a máscara ideológica, ou melhor falta dela. Aliás, este PS, pela ausência completa de ideologia, neste momento não é mais que uma agremiação de interesses, prestando-se a que pessoas do tipo anti-esquerdalha se revejam neste partido. É profundamente lamentável que venham comentários deste tipo, porque correspondem a apelos que alguns ideólogos fascistas fazem para branqueamento do salazarismo. A entidade financeira em causa, sedenta seguramente por acertar contas com a história, valoriza a componente financeira de um regime retrógrado e agiota como o de Salazar. Sim senhor, armazenou ouro sacrificando o desenvolvimento do país, sobretudo espelhado numa massa popular e trabalhadora a viver em condições miseráveis, analfabeta, mergulhada em relações sociais feudais e uma classe média arredada do empreendedorismo e do mundo da economia. É esta factura de atraso e subdesenvolvimento que ainda estamos a pagar, porque atrasos como os registados no regime de Salazar são historicamente difíceis de recuperar. De que nos serviu as poupanças impostas a um povo a viver miseravelmente por parte de um estadista autoritário, e de que nos serve hoje esse ouro se não o podemos utilizar. Mesmo que o utilizássemos seria sempre com amargo de boca, porque foi alcançado com o sacrifício e a falta de liberdade imposta ao povo português. Salvaguardando os contextos, lembra o ouro espoliado aos judeus durante a 2ª Guerra Mundial pelos nazis e outros oportunistas burgueses. É por estas e por outras mentalidades tacanhas, retrógradas, reaccionárias e fascistas que estamos infelizmente onde estamos. Tenha pelo menos vergonha nessa cabeça já que é oca de ideias e faustosa em estupidez, como demonstra a sua participação neste blogue.
De Anónimo a 25 de Julho de 2010 às 03:16
Não entendo esta coisa das ideologias! Um adepto do Benfica não pode gabar um jogador do Porto e a sua excelente jogada no golo que marcou ao Benfica?
Um politico de esquerda não pode tomar uma decisão dita de direita, se esta fôr a melhor para todos nós, só pq esse politico defende uma ideologia diferente?? É por estas que estamos como estamos. O país deveria ser governado por pessoas sérias sem ideologias e interesses partidários. Talvez assim se desse prioridade ao que é realmente importante.
De Anónimo a 25 de Julho de 2010 às 17:52
Comparar política com futebol é estabelecer analogias onde não existem. Mas, se quiser usar a metáfora do futebol quantos maus jogadores têm bons momentos em determinados jogos, e quantos bons jogadores não têm maus jogos. Isso não invalida que uns sejam maus jogadores e outros bons jogadores, É o treinador e sobretudo o público é que julga os bons e os maus jogadores. O 25 de Abril foi feito porque o treinador era um mau treinador e deixava jogar os piores jogadores e treinava-os para o râguebi onde tudo era possível, até mesmo a eliminação física dos adversários. Ora a democracia existe para acabar com esse tipo de regras no futebol. Assim, o sucessor de Salazar que era, tal como ele, simultaneamente árbitro, treinador e jogador foi varrido do campo pela assistência que o afastou até de uma forma pacifica, mas pelas portas do fundo, abertas pelos militares de Abril.
De Anónimo a 25 de Julho de 2010 às 23:20
Já que comentou a minha analogia politica, gostaria de conhecer a sua opinião sobre a ultima parte do post. Obrigado.
De Anónimo a 25 de Julho de 2010 às 23:21
Queria dizer analogia futebolistica, no post anterior
De Tomix Alentejano a 24 de Julho de 2010 às 19:55
Para Anti-esquerdalha :
Quero felicita-lo pela lucidez e correcção com que escreveu hoje, assim dá gosto ouvi-lo a por as suas ideias.
De Anónimo a 24 de Julho de 2010 às 19:31
Estes senhores, identificados com o PS, querem poleiro a todo o custo e representação social, mesmo com o desempenho em papéis que nem ao menos entendem a linguagem dos respectivos guiões. No final, aparecem os resultados da incompetência, arrogância, falta de bom senso e manipulação nas intervenções das organizações em que mandam. É uma tristeza, assim vão as coisas na nossa praça.
De ZOMG a 25 de Julho de 2010 às 22:22
Estimados Comunistas, fascismo ñ é o mesmo q nacionalismo, vão lá estudar um pouco para perceberem a diferença e deixem de repetir o q o vosso partido tá constantemente a dizer.. E já agora, ninguém fala ai dos comunistas q fizeram explodir umas bombas q mataram inocentes e q agora estão no Bloco do Esterco? Esse mesmo partido q é financiado por um certo senhor todo poderoso, dou uma pista, tem muitos supermercados, logo capitalista. Bem sei q o Bloco do Esterco ñ é o mesmo q o Partido Cheio de Parvos, vulgo PCP mas no fundo no fundo acaba por ser a mesma bosta.
A vossa ideologia é q é a correcta?
Coreia do Norte, China, Cuba, etc são paises modelo é? por favor... Salazar nem fez obras públicas para servir o pais, nem criou escolas em todos os lados, etc..o mal dele foi ñ ter saido mais cedo e feito uma descolonização a sério, ñ a palhaçada q foi a nossa descolonização protagonizada pelo palhaço do Mário Soares, q ñ é nada menos q um mercenário q cuspia na Bandeira qd teve fora de Portugal, mas depois da revoluição veio logo todo feliz.. é um nojento q agr só papa reformas milionárias.
De Anónimo a 25 de Julho de 2010 às 22:54
Quem é que referiu que fascismo é o mesmo que nacionalismo? Quanto a estudar mais um pouco para perceberem a diferença, é uma boa piada. Em 1383-1385 quem é que esteve a defender a pátria, quando a maioria da nobreza e do clero se passaram para o lado castelhano. É um facto que foi um nobre não palaciano, aliás filho bastardo, congregando uma classe oligárquica já com interesses burgueses que ao lado do Povo defenderam a pátria. Em 1580 quem é que se passou para o lado castelhano, mais uma vez a nobreza e o clero. Em 1640 quem é que se insurgiu em defesa da pátria, foi mais uma vez o povo. Quem é que durante a noite fascista lutou por uma pátria digna e livre da opressão, foram, no essencial, as massas populares desempenhando o PCP um papel fundamental. Actualmente quem defende acerrimamente uma política verdadeiramente nacional, através da defesa dos interesses nacionais no quadro europeu, da defesa da soberania alimentar e energética, tendo sido o primeiro partido a evocar estes princípios, ao lado de honrosos e conceituados técnicos democratas. Quem sempre apresentou propostas de defesa do tecido económico português contra os fanáticos do neoliberalista e a doutrina omnipotente do mercado , que tudo fizeram para em aliança com os grupos económicos internacionais providenciarem uma globalização capitalista, onde os povos são, e quando o são, meros instrumentos de consumo. Aconselho-o a estudar a realidade histórica recente e as propostas do PCP, e reflicta sobre elas, para não especular sobre informações manipuladas e caricaturas que a comunicação social faz dos comunistas, porque são propriedade, justamente, dos grandes grupos económicos e financeiros que não hesitam em apoiar ditaduras quando estas melhor favorecerem os seus interesses, essa é a realidade não só de Portugal, mas de todo o mundo. Quanto a Cuba, imagine-se numa situação para Portugal, em que estaria sujeito a um bloqueio internacional, importando neste momento 75% dos bens alimentares, e deixá-los de os receber, comíamos pedras certamente, isto a título de exemplo. Cuba desde a década de sessenta que tem sofrido um dos maiores bloqueios de sempre, resistem porque são justamente patriotas e não querem que a ilha seja o bordel dos Estados Unidos, ou uma plataforma para branqueamento de capitais, como foi antes da revolução Cubana. Esta posição tem um preço, tem sido muito elevado para o povo cubano, mas é respeitado por todo o mundo, até pelos adversários do sistema, ao contrário de outros países da América Latina que perderam infelizmente a dignidade, não devido ao povo, mas a uma classe política dirigente corrupta e autoritária .

Comentar post

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds