Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Jorge Pulido Valente “derruba” Castelo de Beja

Foto do estado actual do Castelo de Beja(Casa do Governador) cedida por JPV

 

JPV conseguiu em menos de 6 meses o que muitos não conseguiram em 700 anos, derrubar o ex-líbris da cidade, o seu Castelo.

A revelação foi feita ao órgão oficial da autarquia (leia-se Rádio Pax).

Segundo JVP, o Castelo e as suas Muralhas ameaçam ruir a qualquer momento, a culpa é dos suspeitos do costume.

Esmiuçada a notícia, afinal de todo o cenário de ruína o problema ressume-se a uma das varandas da Torre de Menagem.

Na falta de assunto e acções mais interessantes para comunicar JPV e o seu órgão oficial vão-se entretendo a mandar atoardas.

Se o ridículo matasse…

publicado por bejahoje às 06:57
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Anónimo a 9 de Abril de 2010 às 10:33
Confirmo que este é o actual estado do castelo de beja, ainda ontem lá estive evi com estes dois que a terra há-de comer que o a torre está quase a cair, se não for hoje é amanhã ou daqui a mais 700 anos.
De Pelourinho ao Sul a 9 de Abril de 2010 às 11:01
Fiquei sem perceber...

A notícia fala em cair a torre de menagem mas afinal estamos apenas a falar de uma varanda?

Bem é que se for isso é uma desinformação total da Rádio Pax.
De Anónimo a 9 de Abril de 2010 às 11:55
chamar desinformação ao que a radio pax faz é um erro, isto tem outro nome.
De a 9 de Abril de 2010 às 14:28
Não resisto a colar este post tirado daqui:
http://naterales.blogspot.com/2010/04/chega-de-queixas-ou-ainda-nao.html

Chega de queixas ou ainda não?
Beja mais parece já a Cidade Capital do Queixume! Ou é as queixas da queda da Torre mas que afinal ainda irá durar mais um século desde que arranjem as grades da janela, ou os "graves problemas" do Jardim Público mas que no final se deverá resumir a um fio eléctrico descarnado, ou as queixas das colectividades que ainda não se curaram da subsidio dependência ou as queixas da Presidente de Junta que ficou "pendurada" por esquecimento. E eu vou-me queixar do quê? Dos buracos das ruas, do lixo amontado fora dos contentores, da falta de emprego na região, do boy que dá a ideia que pouco mais faz que passear o fatinho novo na Praça, dos milhares de euros gastos em vencimentos com os "donos" da EDIA, da Turismo Alentejo, da EMAS, do inusitado perfume da SAPJU ou de um lugar para estacionar o meu jacto no Aeroporto de S. Brissos? E porque não acabarmos com as queixas e deitar mãos ao trabalho?
De joaquim Fernandes a 15 de Abril de 2010 às 13:44
MAS o sr. da Emas não passeia apenas o seu fatinho não acredito que ,ainda não viram desde o primeiro dia que sentou o rabiosque no carro da empresa , colocou logo a cadeirinha do seu baby para andar a passear o deu rebento. tudo era muito normal se o carro fosse propriedade do Sr. e não é, pois não? Ou seja este veículo é e deverá estar ao serviço da empresa , mas só este Sr.é que o utiliza! Ah pois é! a malta sabe que o anterior Sr.( Electrecista) também tem um neto e que todos os dias ía no seu carro particular levar e buscar o Baby e só depois pegava no da empresa? A malta sabe que o anterior SR. quando estava de Férias deixava o carro na garagem da empresa? Pois , mas talvez o actual possa usar e abusar daquilo que não é dele porque é formado não será? Ou será porque, ser sério , honesto e electrecista
não se enquadra naquilo que os Barões Formados pensam nas suas participações em Empresas? gente séria que coisa, isso é quase como ter uma doença!!!!
De Afonso a 9 de Abril de 2010 às 16:26
"Se o ridículo matasse…" o bejahoje e outros blogues do género deixavam de ser actualizados por motivo de falecimento dos autores
De Anónimo a 9 de Abril de 2010 às 21:35
Se você podia viver sem esses blogues? Podia! Mas não era a mesma coisa. Até amanhã, ...
De Anónimo a 9 de Abril de 2010 às 16:37
Penso que o presidente que diz ter recebido uma câmara de tanga e já tem um novo citroen C5 xpto com o nosso belo dinheirinho, pois somos contribuintes, cai fácilmente no ridiculo e esta noticia é isso mesmo ridicula tal como quem a difunde.
De Anónimo a 9 de Abril de 2010 às 20:01
@Afonso
Vá esperando sentado á espera que os blogs deixem de denunciar o ridiculo em que permanentemente cai o JPV e camarilha. A festa ainda nem começou...
De Afonso a 9 de Abril de 2010 às 23:18
Concordo consigo. As coisas ridículas que prejudicam os demais têm de ser denunciadas. No entanto tanto aqui como nesses outros blogues o ridículo é relativo. Euvejo o ridículo a cores vocês não!
De Anónimo a 11 de Abril de 2010 às 12:45
Como?! Importa-se de explicar?
De Anónimo a 11 de Abril de 2010 às 13:24
O "Dom" Afonsinho é engraçado, o bicho, já viram? Faz o link do nick dele aqui para o próprio blog, já sei! se calhar o que ele gostava mesmo era de ser um dos autores e como não o convidaram tá lixado..., ai, ai, ai Freud explica tudo, amiguinho...
De Anónimo a 23 de Abril de 2010 às 21:33
Também li a triste notícia onde o Dr. Valente anunciava a degradação da torre do castelo... considerei aquilo ridículo, sinceramente nunca pensei que chegasse a esse ponto. Mas já reparei que tudo é possível... Qualquer dia ainda vai surgir uma notícia do género: "O novo carro da presidência da C.M.B. avariou mas... a culpa é toda do antigo executivo. Os cartões de crédito atribuídos ao Presidente e aos Vereadores "pifaram" - a culpa é do antigo executivo!" Enfim... já diziam... haja paciência, para tão pouca inteligência!
Mas ainda vou contar-vos:
Há alguns dias tive a infelicidade de estar perto da Caixa Geral de Depósitos quando vislumbrei duas figuras, ao fundo da rua. Confesso que desejei não estar ali naquele momento. Felizmente encontrei uma pessoa conhecida e parei para com ela falar e assim deixar passar, para o outro lado da rua, as duas criaturas mui vaidosas que se passeavam, emproados, de fatinho preto ao jeito de cangalheiros, na conhecida artéria da cidade. Quem seriam as personagens? Isso, isso! Nem mais! O ilustre Sr. Dr. Pulido, o Valente e o não menos nobre Góis, Vereador da juventude (entre outros pelouros e poleiros). Ainda bem que já não tenho cartão jovem! Assim já não me enquadro nessa juventude, que o finório rapaz quer representar/liderar. Deus meu... se a vaidade matasse...
Retomando a conversa de há pouco... ao jeito de cangalheiros se passeavam altivos pelas Portas de Mértola! Cangalheiros, sim, da liberdade e da democracia em Beja. Porque essas existiam, em toda a sua plenitude.
Que saudades tenho... Ainda me lembro de cada um dos dias 25, dos muitos "Abris" primaveris e dos alegres vestidos que envergava para ir até ao jardim público, participar nas actividades, do Dia da Liberdade, dedicadas às crianças. Essas recordações guardo-as na minha mente e no meu coração e lembro-as ao som da Grândola Vila Morena ou da Gaivota. Sinto muito pelas crianças que vão estar privadas de experiências como essas.
Já hoje me entristeci. Mas o futuro constrói-se todos os dias e todos os dias a luta por um mundo melhor recomeça. A esperança não se apagou neste coração e espero "ainda ver asteada, na C.M.B., a velha e valorosa bandeira vermelha"!!
25 de Abril Sempre!
De Anónimo a 24 de Abril de 2010 às 09:00
Mil desculpas...

Errata:

Quando escrevi "astear" - último parágrafo - deveria ter escrito "hastear".

Feliz 25 de Abril!

Comentar post

»Contacto

bejahoje@sapo.pt

»mais sobre mim

»pesquisar

»Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» Regresso para breve, ou t...

» A Piscina de Beja

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Coisas que se resolveram*...

» Enxurrada em Beja...

» Beja Capital das contas c...

» Porque o dia 5 de Junho e...

»arquivos

» Agosto 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

blogs SAPO

»subscrever feeds